Administração

Vereadora Paula Topan afirma que foi mal interpretada ,não pedi reabertura total de pontos turísticos

11 Jun 2021

A sessão camarária rendeu nesta última terça feira, o Vereador Leandro Magoga que por um lado pediu ao prefeito Evandro Mura a realização de um estudo para um possível lockdown em Santa Fé do Sul, por outro lado a vereadora Paula Topan fez um requerimento ao prefeito para se fazer um estudo para que reabra os pontos turísticos de Santa Fé do Sul.

De acordo com Paula Topan o requerimento foi realizado no dia 05 de maio de 2021, na época em que o Estado passou do Plano Emergencial para a fase vermelha.

“Na data do dia 05 de maio, assim que saímos da fase emergencial e começou a retomar alguns pontos, realizei um requerimento para que fosse feito um estudo de estar voltando a abrir alguns pontos turísticos em Santa Fé do Sul, pontos estes que tem um controle de entrada e saída de pessoas como por exemplo o Museu, Aquário Municipal, Cidade da Criança que são lugares que se consegue controlar o número de pessoas que acessam o local, respeitando todas as normas de segurança.”

Nossa reportagem perguntou também se o Parque das Águas Claras estaria entre esses pontos de abertura e a vereadora Paula Topan afirma que não é possível a abertura do Parque neste momento em que estamos passando.

“O parque das Águas Claras é impossível a gente controlar o número de entrada de pessoas, ali você tem um incentivo de festas, churrascos e afins, então de jeito nenhum, o parque das Águas Claras não está incluso. Apesar de já termos alguns parques abertos, como por exemplo o Thermas dos Laranjais em Olímpia, porém estão tomando todas as precauções com número reduzido de visitantes, mas no caso o espaço público como as Águas Claras, eu sou contra, não é o momento e sim alguns lugares onde se é possível controlar o número de pessoas que entram.”, concluiu Paula Topan.

Polícia Civil efetua a prisão de homem suspeito de tráfico de drogas
Vereador Marcelo Favaleça quer farmácia 24 horas em Santa Fé do Sul conforme manda a Lei Federal