Coronavírus

Secretaria de Saúde reclama da estoque de vacinas contra a Covid-19, a população não quer vacinar

18 Jun 2021

O início da vacinação no Brasil começou em 17 de fevereiro de 2021 o que também deu início pela repercussão dos que aderem a vacinação e aos que abolem ela.

A enfermeira de vigilância epidemiológica, Renata Forti, responsável pela vacinação diz que a população não está aderindo a vacinação, e que esta não é somente uma realidade somente do município de Jales.

“Esta não é uma realidade somente do nosso município, mas também de muitos outros municípios da nossa e Região e do Estado, e temos alguns motivos que pode ter sido para que o acumulo de vacinas esteja ocorrendo. Um dos motivos é a questão da não aceitação a vacina, tem pessoas que nesta busca por determinado laboratório, se negam a tomar a vacina que está disponível para o seu grupo.”

É de conhecimento de todos, que muitas pessoas tomaram apenas a primeira dose da vacina e não tomaram a segunda e de acordo com as organizações da saúde, para que a vacina surta seu efeito é necessário que se faça a aplicação da segunda dose.

“Temos hoje uma quantidade considerável de vacinas em estoque, e nos estamos solicitando ao grupo de vigilância epidemiológica do Estado, de onde poderíamos utilizar essa vacina, quem poderíamos vacinar, visto que as pessoas já contempladas não estão buscando pela vacina que já está disponível”, disse a enfermeira Renata Forti.

Renata diz que assim que a orientação chegar a ela, através da comunicação será passado o que será feito a toda população Jalesense.

Casal tenta dar golpe em posto de gasolina com o famoso golpe da maquininha de cartão
Funcionário da UPA de Santa é do Sul morre com suspeita de overdose