Administração

Santa Fé do Sul aprova via Câmara Municipal a Atividade Delegada

25 Jun 2021

A Atividade Delegada se fundamenta no convênio entre o Estado e os municípios com a finalidade de permitir a utilização de policiais militares, em dias de folga, no policiamento extensivo e no apoio às atividades de responsabilidade das prefeituras.

O processo para implantação da Atividade Delegada nos municípios é dividido em duas etapas que compreendem a aprovação e a regulamentação de leis autorizando o convênio com a PM e a elaboração de um plano de ação integrado. O convênio traz mais segurança e contribui com a redução dos índices de criminalidade, uma preocupação das prefeituras.

Nessa atividade delegada, os militares em folga trabalham no policiamento ostensivo e preventivo em áreas que são predeterminadas pelo Poder Executivo municipal. A participação é voluntária e os policiais podem trabalhar até 96 horas por mês na função. Para os PMs, a atividade é uma oportunidade para complementar a renda, pois são remunerados pelas prefeituras.

Em entrevista com o Vereador Ronaldo Lima ele fala sobre o convênio Atividade Delegada que foi aprovada na última sessão camarária.

“Realmente é um projeto na qual é denominado Atividade Delegada, tendo como diferencial é que o recurso vem do Governo do Estado, repassado para prefeitura, para que a prefeitura faça o pagamento ao Policial Militar do Estado de São Paulo. O Policial ele trabalha para a prefeitura, com os equipamentos, viaturas, roupas, do Estado, porém ele trabalha para a prefeitura.”

Segundo o Vereador Ronaldo Lima a implantação da Atividade Delegada só vem para acrescentar a cidade, aumentando a segurança pública da cidade e consequentemente, trazendo mais turistas a Santa Fé do Sul.

Polícia civil prende homem por embriaguez ao volante e falta de habilitação
Santa Fé do Sul completou ontem 73 anos de história