Coronavírus

Recusa pela vacina já fizeram 10 pessoas assinarem termo de recusa em Jales

07 Jul 2021
565

Trinta pessoas já assinaram o “termo de recusa” após rejeitarem a vacina contra o novo coronavírus nos municípios da região de São José do Rio Preto e Jales (SP). A informação foi confirmada ao G1 na noite de terça-feira (6).

De acordo com as prefeituras, 10 moradores de Jales se negaram a receber o imunizante disponível. Em Rio Preto, 20 pessoas não aceitaram tomar a dose.

Além das duas cidades da região noroeste paulista, Urupês implantou o “termo de recusa”, mas nenhum paciente tinha assinado até a noite de terça-feira, conforme informou a prefeitura ao G1.

Os três municípios decidiram tomar a decisão para evitar o chamado "sommelier de vacina", pessoas que estão deixando de tomar o imunizante contra a Covid-19 por ser de determinado laboratório.

Em Jales e Rio Preto, quem recusa a vacina tem que assinar um termo de responsabilidade, afirmando que recusou a aplicação por causa da “marca” do imunizante. As prefeituras vão enviar esses termos para o Ministério Público, mas não há uma punição prevista.

Já em Urupês, a prefeitura adotou uma estratégia semelhante, mas além da assinatura em um termo que comprove o ato da rejeição, quando a pessoa quiser se vacinar novamente, ela precisará entrar na fila da xepa, que imuniza com doses remanescentes de qualquer marca de vacina.

(G1)

Mãe e filho são presos por tráfico de drogas
Estudo afirma que Santa Fé do Sul está rica em pó de rocha