Região

Professor usa carvão e comete suicídio em um motel

18 Nov 2021

A depressão é uma doença grave que, se tratada corretamente, tem cura. Cerca de 60% a 80% dos casos podem ser tratados com medicação e psicoterapia em um atendimento primário.

São várias as causas da doença, e em muitos casos seu aparecimento está associado a fortes impactos vividos, como perdas, lutos, doenças, conflitos nos relacionamentos, dificuldades ou perdas financeiras.

Um fato triste ocorreu quarta-feira (17) em Jales, Robson, um professor de 35 anos cometeu suicídio usando carvão em um quarto de motel e a polícia militar também foi notificada.

Segundo informações da Polícia , ele usou duas bacias com carvão ateando fogo após lacrar as portas do quarto do motel. Ele morreu asfixiado.

No quarto havia um bilhete pedindo aos policiais para tomar cuidado ao entrar no local devido á concentração CO2.

Soldados da PM partindo para o local mas já era tarde Robson Furini moro de 35 anos já tinha tirado a própria vida.

Com todo o excesso de problemas que assola a consciência humana, o suicídio é um ato que pode ser visto de modo incorreto pelas pessoas como uma espécie de refúgio, uma fuga para pôr fim ao sofrimento humano.

Sendo assim, identificar os sintomas da depressão, entre eles a falta de ânimo para viver, sensibilidade e emoções a flor da pele, distúrbios no sono, e entender a seriedade da situação é o primeiro passo para ajudar a pessoa depressiva a reverter essa situação.




 

Vândalos arrancam iluminação de natal em Santa Fé do Sul
EXCLUSIVO. Um alerta aos comerciantes