Justiça

MPF pede que pastor Valdemiro Santiago pague R$ 300 mil por prometer falsa cura da Covid

05 Ago 2020
357

A notícia é do UOL:

O MPF (Ministério Público Federal) ajuizou uma ação civil pública pedindo que o pastor Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus paguem pelo menos R$ 300 mil de indenização por terem divulgado uma cura falsa da covid-19.

Em seu canal no YouTube, o pastor evangélico vendeu sementes de feijão e afirmou que, se fossem cultivadas, elas curariam o novo coronavírus. Valdemiro chegou a citar o caso de um fiel cuja recuperação plena da doença usando os feijões estaria comprovada por um atestado médico. Os vídeos foram publicados em maio. Pelas sementes eram cobrados valores de até R$ 1000 cada.

Covid-19: Santa Fé do Sul registra 477 casos positivos e 296 casos curados
Festa termina com tentativa de homicídio ​