Acidentes

Enfermeira de 24 anos morreu na Rodovia Euclides da Cunha entre Urânia e Jales, um veículo passou sobre a cabeça dela

02 Nov 2021

Na manhã de ontem pela rodovia Euclides da Cunha, SP 320 entre o Município de Urânia e Jales ocorreu um grave acidente, onde matou uma jovem enfermeira que estava indo para Jales em sua Honda biz.

Segundo informações a jovem saiu pela manhã por volta das 7 horas da manhã de Urânia para Jales, quando foi atropelada por um veículo não identificado, a moça caiu no solo asfáltico, uma outra moto estava no mesmo sentido, foi lançada além do acostamento e a jovem não teve sorte.

Segundo testemunhas que passaram pelo local no exato momento o sol atrapalhava a visibilidade no mesmo sentido, porém um motorista conseguiu desviar a tempo, o mesmo de imediato, começou assinalar para que os outros carros também desviassem.

A testemunha nos contou com exclusividade que conseguiu parar uma caminhonete e que o motorista desceu rapidamente e começou ajudá-lo, quando eles se preparavam para retirar a moça do meio do asfalto teria encostado um carro e um rapaz com uniforme do SAMU impedindo que eles mexessem na moça.

Então as testemunhas disseram que insistiram para tirar a jovem da rodovia mas que a palavra final foi desse homem com uniforme do SAMU, sendo assim a moça continuou no asfalto quando um carro Gol cor prata modelo antigo passou em cima da cabeça da enfermeira que morreu na hora.

As testemunhas disseram que entraram em desespero, só depois é que notaram que esse homem que vestia o uniforme do SAMU estava com carro de passeio da prefeitura de uma cidade não identificada e que depois do fato o mesmo foi até a base da Polícia Rodoviária e comunicou atropelamento.

Ainda de acordo com as testemunhas esse homem não estava a serviço naquele local, apenas usava uniforme, já o carro que atropelou também não parou.

Está sendo investigado pela Polícia, o que se sabe é que o veículo é um Gol modelo antigo de cor prata e que poderá ser de Santa Fé do Sul, ainda não se tem tal informação, a Polícia Civil vai tentar convencer as testemunhas que estavam no local afirmarem que um homem com uniforme do SAMU teria sido responsável por não tirar a jovem da pista.

Nossa testemunha contou que quando pegou na jovem ela estava viva, e depois que o carro passou em cima da cabeça dela, ela já não respirava mais.

A Polícia vai apurar o caso, a enfermagem e a cidade de Urânia além dos familiares todos estão enlutados pela morte da jovem Rafaela de 24 anos.

Motorista com Hilux atropela motociclista e foge do local, deixando a população irritada
Aposentado se atrapalha com pedal do veículo automático ao fazer manobra e passa por cima de mulher que estava em sua biz