Saúde

Alô, enfermeiro: é o mais novo canal do HB e HB Onco que esclarece duvidas de pacientes em tratamento na Quimioterapia

08 Jul 2021
342

O HB Onco e o Hospital de Base criaram um canal exclusivo para esclarecer dúvidas de pacientes em tratamento na Quimioterapia da instituição.

Um serviço que já vinha sendo feito, porém, era diluído entre o atendimentos aos pacientes. Agora, houve uma centralização destas situações, no qual um enfermeiro ficara inteiramente a disposição, de segunda a sexta, das 8h às 17h, apenas para sanar estas ocorrências.

“Muitos dos pacientes, quando vão para a casa após receber a medicação, podem apresentar diversas reações e ficam em dúvida se voltam ao serviço de saúde, ou do que fazer. Então, agora, é só ligar no telefone que o profissional, embasado em protocolos científicos pré-estabelecidos e com amparo dos médicos do setor, irá oferecer a melhor solução para seu problema”, explica sobre o projeto a enfermeira supervisora da Quimioterapia do hospital e do HB Onco”, explicou Marcia Lanza.

Ainda de acordo com a enfermeira, “para os casos fora deste horário, as emergências do HB ficam de portas abertas para recebê-los. Vale ressaltar que o canal é exclusivo para os pacientes atendidos na Quimioterapia do HB e HB Onco; portanto, um projeto interno do complexo”.

O chefe do Serviço do Oncologia Clínica da instituição, Dr. Daniel Vilarim de Araújo, reforça que o “atendimento humanizado é, também, uma maneira de oferecer assistência de excelência. Já que por trás de cada paciente, existe uma história de vida. Promover saúde é se sentir amparado em todas as fases de um tratamento e é isso que queremos com o ‘Alô, Enfermeiro’”.

As equipes da Oncologia Clínica pretendem expandir o projeto dentro da Fundação futuramente. “Começamos com a Químio, já que é um setor que recebe muitos pacientes da oncologia. Porém, estudamos ampliar e abrir canais deste tipo para nossos usuários na Radioterapia, no Instituto do Câncer e outros”, pontua o chefe, Dr. Vilarim.

Dados da Quimioterapia

O setor faz 1.300 infusões por mês, no ambulatório, gera 800 atendimentos destes procedimentos e dispensa 130 tratamentos para serem aplicados por difusor em domicílio.

Estudo afirma que Santa Fé do Sul está rica em pó de rocha
Jales descarta mil doses de vacina contra a Covid-19 após pane em geladeira