Polícia

Agressão em Aparecida d’Oeste

20 Set 2021
653

Agressão em Aparecida d’Oeste a equipe foi acionada, contato com J. C. D.S. F, queixando-se da subtração de sua bolsa contendo objetos diversos, celular e certa quantia em dinheiro, devidamente qualificada e colhida sua versão, a autora, pessoa de sua convivência, a qual mantém um relacionamento homo afetivo C. V. D. A (menor).

Após tomar conhecimento do evento, patrulhas foram realizadas para localizar C, mas sem sucesso.

Ao deslocar para a residência de C, J estava adiante e em contato com os demais familiares da adolescente já em desentendimento, um canivete foi verificado / localizado em seu poder, e foi retirado imediatamente.

Momento em que C. comparece no local e acentua o problema, passam a trocar ofensas e xingamentos e avançam umas contra as outras, generalizando os familiares, sendo necessário a intervenção da equipe afim de separar as partes, o uso de gás pimenta para a dispersão foi necessário.

Ao término do evento solicitado via fone a presença dos Conselheiros Tutelares de Plantão, Heleno e Maria Pivante compareceram e elaboraram relatório próprio.

Partes encaminhadas a Central de Polícia Judiciária para registro de ocorrência e demais providências.


Furto

Em patrulhamento pelo bairro Jardim Botânico, avistamos uma pessoa do sexo masculino abaixado atrás do poste (padrão) de uma residência em construção que ao avistar a viatura, levantou-se e saiu andando.

Este momento desconfiamos da atitude dessa pessoa e o abordamos. Na revista pessoal, encontramos em seu poder e em uma sacola plástica, pedaços de fio elétrico e um alicate de cortar fio em seu bolso.

Perguntamos onde ele havia adquirido os fios, sendo declarado de momento que havia achado em uma caçamba de lixo, mas posteriormente confessou que havia pego em duas construções no Bairro Reserva da Figueira, Rua Tucaninho Verde N 20 e Rua João de Barro, Lote 6 na Quadra 11, que é próximo de onde o abordamos.

Declarou ainda que é viciado em crack e que pegou os fios para trocar por drogas. Diante desta narrativa, deslocamos com o averiguado até o local onde ele indicou e constatamos que os fios do poste (padrão) das casas foram cortados e arrancados.

Perguntamos aos moradores se conheciam os proprietários das construções, sendo localizado a proprietária da construção da Rua Tucaninho Verde, que se comprometeu a comparecer no plantão policial para registro da ocorrência.

Dado voz de prisão ao autor dos fatos e o encaminhamos juntamente com os fios acompanhado com a vítima para central de flagrantes (Jales), onde a Autoridade de Plantão foi informado do que aconteceu e aprovado a voz de prisão e elaborando o flagrante de furto, encaminhando o autor à cadeia pública ficando à disposição da Justiça.

Elaborado auto de exibição, apreensão e entrega dos fios a vítima que estava deitada em decúbito dorsal queixando-se de fortes dores na cabeça. SAMU compareceu no local e encaminhou a vítima para o UPA sem ferimentos aparentes.

O acidente derivou-se de um choque frontal sendo que um dos veículos estava estacionado na contra mão de direção e o outro veículo trafegava em sentido oposto, momento em que o condutor J.G.J. perdeu o controle da direção e veio a se chocar frontalmente com o veículo parado.

Consultados documentações dos veículos e envolvidos, foram constatadas infrações de trânsito, sendo que o VW Gol constou licenciamento em atraso desde 2018 e J. G. J. estava com a CNH em atraso desde 2008.

Foram tomadas todas as medidas administrativas. Perícia no local e após os serviços periciais o VW GOL, foi removido ao pátio Dalat e ambas as partes orientadas e liberadas.


Ocorrência com entorpecente em Santa Rita  

Em patrulhamento preventivo por Santa Rita d'Oeste, quando pela Rua São Paulo nas proximidades da Praça da Matriz, mais precisamente na altura do numeral 130, deparamos com V. D. Barbosa juntamente com A. C., onde os mesmos ao perceberem a presença da viatura demonstraram um certo nervosismo.

Diante dos fatos e realizado abordagem, com A. nada de ilícito fora encontrado, porém, com V. fora localizado em seus órgãos genitais uma porção de substância aparentando ser maconha, ambos indagados em questão, A. alegou ser usuário de drogas e que teria adquirido um cigarro de maconha com T. que dispensou um pouco antes de serem abordados, V. alegou que a droga encontrada era para uso próprio.

Em ato contínuo, foi dado voz de prisão aos indivíduos e conduzidos ao Plantão Policial de Santa Fé do Sul, onde autoridade de plantão Dorival Brizotti, após tomar conhecimento da ocorrência através de seu agente Anderson Nogueira Guimarães, deliberou para que elaborasse BOPC de Número 2157-Artigo 33, Parágrafo 3, oferecer droga a outra pessoa, bem como auto de exibição e apreensão do entorpecente (36,85 gramas), liberando as partes posteriormente. Vale salientar que foi necessário uso de algemas em receio de fuga do indivíduo


Festa sem autorização

Unidade de serviço, após tomar conhecimento de um evento clandestino que, estava ocorrendo naquele momento, na estrada Vicinal Agenor F. Silvestrini, altura do KM 002,000, rua Particular, rancho, deslocamos para o local juntamente com a viatura da Guarda Municipal, onde estavam cobrando a entrada homem/mulher no valor de R$ 20,00 de forma antecipada ou presencial.

No local foi constatado um som em volume elevado para o horário, na entrada havia uma mesa com uma pessoa feminina e um masculino cobrando e recebendo os ingressos e várias pessoas aglomeradas no interior do rancho.

O evento não estava autorizado pela Prefeitura Municipal de Santa Fé do Sul, não havia socorristas e nem extintores no local.

Conseguimos identificar o organizador do evento SR. V.M,  e o proprietário do rancho  D. P. D.S, onde foi solicitado o cancelamento do eventos por não apresentar nenhuma segurança aos frequentadores do evento; o local não foi submetido a inspeção dos bombeiros, não haviam socorristas e nem extintores no local; a todo o memento o organizador da festa SR. V.M, ciente de que não tinha condições da realização do evento, continuava e insistia em solicitar para as pessoas, que adquirirão os ingressos em participar do evento.

Foi verificado que no local haviam várias menores.

Diante dos fatos o organizador SR V.M e um convidado da festa foi conduzido e apresentados à disposição da Autoridade de Plantão DR Ademir Gasques, que se cientificou dos fatos e solicitou o encaminhamento da ocorrência ao plantão policial via resolução SSP/SP 057, pois o sistema estava fora do ar. O ingresso será apreendido posteriormente.

Menor de idade na direção de veículo
Depois de muito trabalho, Guarda Municipal passa sem registar nem uma ocorrência na noite