Administração

SAAE alerta sobre risco de racionamento de água

05 Nov 2019
352

Moradores de Santa Fé do Sul podem enfrentar racionamento de água porque baixou o nível das represas que abastecem a cidade. Por isso, o município começou uma campanha para população economizar.

Segundo o SAAE, Serviço Autônomo de Água e Esgoto, as duas represas armazenam água para abastecer 80% das casas. O nível delas está em 50% e a terceira represa, que recebe a água bombeada das outras duas, não está recebendo a água como antes.

“Existe o risco de racionamento, por enquanto estamos no sistema de alerta, caso continue a estiagem será discutido o racionamento”, afirma Marcelo Corrêa Santos, diretor do SAAE.

O serviço afirma que a bomba trabalha 20 horas por dia para abastecer a população, mas com o consumo subindo, ela começou a trabalhar 24 horas por dia. Para tentar diminuir o consumo, o SAAE pede para a população se conscientizar.

“Estamos com carro de som pelas ruas, colocando mensagens nas redes sociais e na conta de água. A população precisa usar o essencial, não lavar calçadas, carro, e reusar a água quando possível”, diz o diretor.

Governo propõe acabar com municípios com menos de 5.000 habitantes e pouca arrecadação
Homem é preso ao ser visto carregando corpo de namorada em carriola