Polícia

PM de folga atira em empresário durante briga em festa

28 Jun 2020
103

A Polícia Militar vai investigar a conduta de um policial que se envolveu em uma briga durante uma festa na madrugada deste domingo, dia 28, em um condomínio de chácaras, na Alameda Perdizes, Parque dos Sabiás, em Rio Preto. Ele teria dado um tiro no pé de um empresário.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 3h30, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma briga que acabou em disparo de arma de fogo. No local, os policiais foram informados que havia uma festa de aniversário com vários convidados e, em determinado momento, houve uma discussão entre um empresário, de 33 anos, e um policial militar, W.V.S., 32 anos.

Na briga, o policial teria pedido para o outro envolvido se afastar, o que não aconteceu. Ele ainda jogou uma garrafa de bebida na cara do PM, que sofreu ferimentos na testa e logo em seguida sacou a arma e disparou duas vezes contra o solo, atingido o pé do empresário L.E.N. que, por meios próprios, procurou o Hospital de Base (HB).

Segundo a assessoria HB, o empresário passava por uma cirurgia na manhã deste domingo, mas não corria risco de morte.

O tenente-coronel Paulo Sérgio Martins informou que a PM vai instaurar um inquérito administrativo para analisar a conduta do policial que, além de se envolver em um briga com disparo de arma de fogo, participava de um evento proibido neste momento de pandemia.

“Vamos analisar todos os fatos, mandar um requerimento para a Vigilância Sanitária e saber sobre a imprudência. Sobre a briga e o disparo de arma de fogo, também investigaremos para saber se foi em legítima defesa ou um ato irresponsável. É um padrão normal da Polícia Militar”, afirma.

Covid-19: Santa Fé tem 74 casos positivos e 03 mortes
Santa Rita, Nova Canaã e mais três cidades não registram casos de Covid-19 na região