Polícia

Para vingar golpe sofrido pela irmã, adolescente mata homem a tiros

30 Nov 2019
747

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na noite desta quinta-feira, 28, no bairro Renascer em Rio Preto, na posse de um revólver calibre 38 com seis munições.

O menor é apontado como autor do homicídio contra o mecânico Wesley Alves dos Santos, de 29 anos, ocorrido no dia 3 de outubro, no bairro Jardim das Oliveiras.

A investigação, realizada pelo delegado André Balura, do 4º Distrito Policial, aponta que a razão do crime está relacionada à venda de um celular pela irmã do adolescente.

O mecânico, que consertava aparelhos e revendia, comprou o celular da moça pelo valor de R$ 150, mas teria pagado com três notas falsas de R$ 50.

Após ver o celular anunciado, o adolescente fingiu interesse na compra, marcou um encontro com Wesley na avenida Alfredo Teodoro de Oliveira e o recebeu a tiros quando a vítima se aproximou com o celular.

Na ocasião, a polícia cogitou tratar-se de latrocínio, já que o criminoso fugiu levando o celular, mas a hipótese foi descartada com o avanço da investigação.

Após o crime, o adolescente se apresentou no 4º Distrito Policial acompanhado de uma advogada e respondia ao inquérito em liberdade.

Na noite de ontem, policiais militares flagraram um rapaz transitando com moto de leilão e o piloto afirmou que o veículo era do adolescente.

A equipe seguiu para a casa do menor e, em revista ao imóvel, localizou o revólver.

O adolescente negou que a arma seja a mesma utilizada no homicídio. Alegou que usou uma garrucha de mesmo calibre, que foi dispensada em um rio após o crime. Em virtude dessa ocorrência, e por ser investigado em inquérito de crime contra a vida, o Ministério Público pediu e o juiz Evandro Pelarin determinou a apreensão do adolescente.

Estado de SP registra maior queda de infecção por HIV da história
Acadêmicos do curso de Engenharia Civil visitam obras da CDHU