Política

Funcionários da empresa de limpeza do UNIFUNEC reclamam de perseguição política no novo governo

02 Fev 2021

Várias pessoas que prestavam serviços para uma empresa terceirizada do UNIFUNEC já estão desempregadas, segundo informações são pessoas que necessitam do trabalho, como é o caso do nosso entrevistado que foi dispensado logo após a posse do Governo Mura. Pablo Michel como é conhecido, afirmou que sua demissão e de outras pessoas se deu por conta da perseguição política, uma vez que ele defendia o grupo do ex-prefeito que acabou perdendo a eleição.

Pablo afirmou que já pediu ajuda para todos os vereadores para intervirem junto ao prefeito Evandro Mura, já procurou o prefeito, pediu desculpas por ter defendido o adversário do prefeito, mas não houve compaixão do atual governo. Ganhando R$1160,00 e mais uma cesta básica, além do ticket, conseguia sobreviver ele e a mãe. Sua mãe por ter problema de saúde não pode trabalhar, para o jovem a eleição terminou dia 15 de novembro de 2020 e todas as pessoas que já foram demitidas necessitam do emprego, “Fui vítima de perseguição política e muitos outros que trabalharam comigo e tenho conhecimento sobre outros setores que também sofreram este tipo de perseguição, não acho justo perder emprego por política e muito menos não termos direito ao voto sem que isto venha a influencie futuramente, já pedi, já implorei, já me humilhei em pedir para os vereadores, bem como para o prefeito para que revesse não só o meu, mas de muitos outros trabalhadores que necessitam do emprego para sustentar a família e se for o caso me humilho novamente pois tem dia que não tenho o que comer em casa!”

Veja a entrevista completa clicando aqui!

Dono de cadela de estimação leva animal para dar cria em veterinário, a clínica deverá ser processada
Moradores do Jardim Europa deverão entrar na justiça contra prefeitura de Santa Fé do Sul por danos no patrimônio