Administração

Escola de Santa Fé do Sul não irá aderir liminar que suspende as aulas

29 Jan 2021

O tribunal de Justiça suspendeu nesta quinta-feira (28) o retorno das aulas no Estado de São Paulo. A decisão vale para escolas públicas e privadas. O Governo Estadual diz que irá recorrer. A liminar atendeu a um pedido do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo APOESP para barrar decreto do Governo João Doria, onde autorizava abertura das escolas, mesmo se o Estado registrasse piora no aumento dos casos do Covid-19.

Na liminar, a Juíza Simone Gomes, da nona vara da Fazenda Pública, defendeu que as aulas presenciais não deveriam ser retomadas em áreas classificadas nas fases laranja e vermelha, nossa região se enquadra nessas áreas.

Hoje pela manhã conversamos com a Coordenadora Geral da Educação, Elisa Oliani, ela afirmou que a secretaria já estaria fazendo um planejamento para a retomada das aulas no município de forma remota com os alunos, onde foi desenvolvido uma plataforma que já tem atividades para 15 dias, para que se possa avaliar a situação de acordo com a pandemia, falou ainda que na semana que vem, a secretaria estará fazendo uma reunião com os professores para planejar o material a ser utilizado pelos alunos e ao acolhimento dos alunos, na semana do dia 08/03 a secretária entrara em contato com os alunos para estar enviando o material e atividades.

 A liminar também garante aulas remotas para a rede particular. Em Santa Fé do Sul, segundo uma escola particular, as aulas serão mantidas no cronograma da escola, isto quer dizer que nesta escola particular haverá a chamada aulas hibridas, onde parte dos alunos estudam de forma remota enquanto outros de forma presencial.

Provedor da Santa Casa de Santa Fé do Sul, falta com a verdade e ainda publica nota de repúdio
Funcionários públicos estão tristes, só ficou na promessa a reposição salarial